This content is not available in your region

Inflação bate recordes em Junho na zona euro e em Portugal

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Produção de notas de 50 euros
Produção de notas de 50 euros   -   Direitos de autor  frame

A taxa de inflação da zona euro atingiu 8,6% no mês de junho, 0,5% mais do que em maio e quase mais 7% do que em igual período de 2021.

Desde novembro que a inflação nos países do euro vem batendo recordes mensais.

Segundo uma estimativa rápida do serviço de estatísticas da União Europeia (UE), a subida da inflação - medida pelo índice harmonizado de preços no consumidor - continua a ser impulsionada essencialmente pelo aumento homólogo dos preços do setor da energia, que subiram 41,9%, face a 39,1% de maio, seguindo-se os preços da alimentação, álcool e tabaco  - 8,9%, quando em maio tinha sido 7,5%.

Os números, que cresceram acima das expectaivas reforçam a possibilidade da primeira subida da taxs de juros do BCE, em 11 anos.

Em Portgal, o mês de junho registou a Inflação mais elevada desde dezembro de 1992.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) estima a taxa homóloga do Indíce de Preços no Consumidor (IPC) em 0,7%; dos 8% em maio para os 8,7%, em junho.