This content is not available in your region

Greves lançam aeroportos europeus no caos

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Filas no aeroportos de Paris
Filas no aeroportos de Paris   -   Direitos de autor  Thomas Padilla/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

Este é um fim de semana complicado para quem deseja viajar na Europa, com vários aeroportos franceses e espanhóis a serem afetados por greves no setor da aviação.

No aeroporto Roissy-Charles de Gaulle, em Paris, o mais importante de França, foram anulados até às 14 horas locais deste sábado, 150 voos dos 1300 previstos. Cerca de 12% do total.

Já em Espanha, o caos está instalado nos aeroportos devido à greve do pessoal de cabine das companhias de baixo custo Easyjet e Ryanair.

No aeroporto de Madrid, um dos passageiros conta que lhe foi "dito que há atrasos nos pontos de controlo de segurança da AENA (empresa aeroportuária)... Uma hora ou uma hora e meia".

Já outra espanhola conta que não teve grandes problemas a entrar no aeroporto...

Outro afirma que recebeu um e-mail a avisar para se dirigir ao aeroporto duas ou três horas mais cedo do que é habitual.

O caos nos aeroportos espanhóis está para continuar. Os sindicatos dos trabalhadores da Ryanair anunciaram mais 12 dias de greve em Espanha.

As novas paragens terão lugar durante três períodos de quatro dias: de 12 a 15 de julho, de 18 a 21 de julho e de 25 a 28 de julho nos dez aeroportos espanhóis onde a companhia aérea irlandesa opera.