Primeira africana na final do torneio de Wimbledon

Ons Jabeur, no jogo das meias-finais do torneio Wimbledon.
Ons Jabeur, no jogo das meias-finais do torneio Wimbledon. Direitos de autor Mic Smith/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A tenista tunisina de 27 anos, fez história no torneio de Wimbledon, em Londres.

PUBLICIDADE

Um sonho tornado realidade. Ons Jabeur, tenista tunisina de 27 anos, fez história no torneio de Wimbledon, em Londres, ao tornar-se a primeira jogadora africana a chegar à final do Grand Slam.

Ons Jabeur venceu esta quinta-feira a alemã Tatjana Maria, de 34 anos, em 3 sets (6-2, 3-6 e 6-1). Em entrevista, mostrou-se muito feliz.

É um sonho tornado realidade, de anos e anos de trabalho e sacrifício.
Ons Jabeur
Tenista

Jabeur, que é também a primeira mulher do mundo árabe a chegar tão longe neste torneio, sonha voar mais alto e quer arrecadar o grande troféu.

A jogadora vai disputar o primeiro lugar, este sábado, contra a russa Elena Rybakina, que se naturalizou cidadã do Cazaquistão em 2018. A atleta só pode participar no torneio devido a esta segunda nacionalidade, uma vez que os jogadores russos foram banidos da competição após a invasão da Rússia à Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Invasão da Ucrânia leva Wimbledon a barrar russos e bielorrussos e ATP reage

Tenista italiano Jannik Sinner vence Open da Austrália depois de derrotar o russo Daniil Medvedev

Sinner derrota Djokovic e enfrenta Medvedev na final do Open da Austrália