Jair Bolsonaro anuncia recandidatura à presidência do Brasil

Jair Bolsonaro no lançamento da recandidatura à presidência do Brasil, no Rio de Janeiro, Brasil
Jair Bolsonaro no lançamento da recandidatura à presidência do Brasil, no Rio de Janeiro, Brasil Direitos de autor MAURO PIMENTEL/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou a recandidatura à eleição presidencial, na qual enfrentará Lula da Silva

PUBLICIDADE

Jair Bolsonaro anunciou a recandidatura à presidência do Brasil, na convenção do Partido Liberal, no Rio de Janeiro.

Durante o seu discurso, piscou o olho ao voto das mulheres e dos nordestinos, uma região que maioritariamente apoia Lula e voltou a criticar a política do "ficar em casa" durante a pandemia, acusando governadores e prefeitos de terem retirado liberdades à população brasileira.

Numa alusão a Lula, sem referir o seu nome, disse: "esse cara quer legalizar o aborto, as drogas e impor a ideologia de género no país", afirmando que tudo fará para "não ver um comunista sentado na presidência".

Das críticas não escapou também o Supremo Tribunal Federal e o sistema de voto eletrónico.

Entre leituras de passagens bíblicas, o presidente brasileiro convocou ainda os seus apoiantes a participarem numa manifestação no dia 1 de setembro, dia em que o país celebra os 200 anos da sua independência.

Lula da Silva apresentou a candidatura na semana passada. A primeira volta da eleição presidencial decorre a 2 de outubro.

A mais de dois meses da eleição Lula da Silva lidera todas as sondagens sobre as intenções de voto nas presidenciais brasileiras, com média de cerca de 44% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro tem o apoio de pouco mais de 30% dos eleitores.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de milhares de brasileiros saíram à rua para mostrar apoio a Bolsonaro em São Paulo

"Bloco da latinha": este desfile de Carnaval ouve-se muito antes de se ver

Escolas de samba já desfilam no Brasil