Últimos dias da H&M na Rússia

H&M deixa negócio na Rússia
H&M deixa negócio na Rússia Direitos de autor Dmitri Lovetsky/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Grupo sueco abre temporariamente para esgotar stock

PUBLICIDADE

As lojas do grupo H&M começaram a abrir temporariamente em Moscovo, na terça-feira, para uma venda final antes de deixarem o mercado russo.

Este processo de reabertura será faseado. O objetivo é manter as lojas abertas até esgotar a maior parte do stock.

O Grupo sueco tem lojas na Rússia desde 2009. Fez uma pausa em todas as vendas no em março, por causa da Guerra na Ucrânia, e a semana passada anunciou que vai sair do país.

Na resposta, o ministério da Indústria e Comércio da Rússia disse que o negócio pode ser adquirido por compradores nacionais ou estrangeiros de "países amigos.

Com esta decisão, a H&M junta-se a empresas como a Netflix, TikTok, Prada, Zara, Disney e Apple, que também anunciaram o fim das atividades na Rússia

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diretor da H&M explica mudança para uma produção têxtil mais "verde"

H&M anuncia plano de recuperação

Lucros da H&M em queda