This content is not available in your region

O longo adeus a Isabel II

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Dezenas de milhares de pessoas não se importaram de esperar o tempo que foi necessário para prestar a última homenagem à Rainha
Dezenas de milhares de pessoas não se importaram de esperar o tempo que foi necessário para prestar a última homenagem à Rainha   -   Direitos de autor  EV - Euronews

O Reino Unido continua a prestar tributo à Rainha Isabel II.

Os filhos da soberana, o Rei Carlos III, a princesa real Ana e os príncipes André e Eduardo velaram a mãe, esta sexta-feira, em Westminster Hall, em Londres.

Pelo recinto, ininterruptamente, filas de britânicos passavam para prestar homenagem a Isabel II que esteve no trono do Reino Unido durante sete décadas.

A fila de quilómetros de visitantes em luto teve de ser, temporariamente, encerrada depois de atingir a capacidade máxima.

Dezenas de milhares de pessoas de todas as idades e de todas as origens não se importaram de esperar o tempo que foi necessário para prestar a última homenagem à Rainha, como é o caso de David Beckham. O antigo jogador de futebol inglês esteve cerca de 14 horas na fila até conseguir entrar em Westminster Hall.

Este sábado, caberá aos oito netos da Rainha, onde se incluem os príncipes William e Harry, velar a avó.

Estima-se que cerca de 800 mil pessoas passem ainda por Westminster Hall, até segunda-feira, altura em que o caixão com o corpo da Rainha Isabel II será trasladado para a Abadia de Westminster onde ocorre o funeral de Estado.

Enquanto decorrem os preparativos para o funeral de Estado, que se realiza na segunda-feira, Carlos III visita as capitais do Reino. Na tarde de sexta-feira, assistiu a uma missa em homenagem a Isabel II em, em Cardife, no País de Gales.