This content is not available in your region

Público começa a entrar em Westminster Hall para homenagear Isabel II

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Arcebispo da Cantuária  presidiu cerimónia em Westminster Hall
Arcebispo da Cantuária presidiu cerimónia em Westminster Hall   -   Direitos de autor  Dan Kitwood/WPA Rota

Canhões disparados a cada 60 segundos, entrecortados pelo ruído dos sinos do Big Ben, a soar a cada minuto.

O cortejo fúnebre com a urna da rainha Isabel II foi recebido, esta quarta-feira, por uma multidão, nas ruas de Londres.

Os restos mortais da monarca foram transportados do Palácio de Buckingham em direção ao Westminster Hall, sempre sob o olhar atento do rei Carlos III, dos irmãos, e dos príncipes William e Harry.

O corpo da rainha ficará durante quatro dias em câmara ardente na parte mais antiga do edifício do parlamento britânico para o público poder prestar uma última homenagem à monarca.

Oito pessoas carregaram o caixão até Westminster Hall, onde o Arcebispo da Cantuária presidiu a uma cerimónia.

No exterior, as filas, a perder de vista, para homenagear a rainha começaram a formar-se há vários dias.

Agora, muitas pessoas passam em frente à urna, curvam-se em sinal de respeito e fazem o sinal da cruz.

O funeral de Estado da rainha Isabel II, onde se esperam vários líderes mundiais, está previsto para segunda-feira, às 11h00, na Abadia de Westminster.

O corpo será depois sepultado na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor.