Pelo menos 35 mortos no atentado em Cabul

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Centro educativo que foi alvo de um atentado à bomba, em Cabul, no Afeganistão
Centro educativo que foi alvo de um atentado à bomba, em Cabul, no Afeganistão   -   Direitos de autor  Ebrahim Noroozi/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.   -  

35 mortos e mais de 80 feridos é o novo balanço das vítimas do atentado suicida perpetrado na sexta-feira contra um centro educativo de um bairro ocidental de Cabul, a capital do Afeganistão.

O ataque ocorreu no interior de uma sala de aulas, durante um exame de preparação para as provas de acesso à universidade.

O centro fica situado numa zona onde residem essencialmente membros da comunidade xiita hazara e era frequentado por estudantes de ambos os sexos. A maioria das vítimas são mulheres jovens.

Após terem sido ouvidos vários tiros, um atirador entrou na sala de aula pela porta das raparigas e explodiu-se entre os estudantes.

O ataque levou dezenas de mulheres a saírem às ruas de Cabul no sábado para mostrar a sua rejeição dos ataques a esta minoria alvo no país, embora tenham sido logo reprimidas com tiros disparados no ar pelos Talibãs.

Por enquanto, nenhuma célula terrorista reivindicou a responsabilidade pelo atentado, embora o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) tenha reivindicado numerosos ataques no Afeganistão no passado contra esta minoria, que considera apóstata.