This content is not available in your region

Rússia celebra "anexação"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Russos celebram em Moscovo "anexação" de territórios ucranianos
Russos celebram em Moscovo "anexação" de territórios ucranianos   -   Direitos de autor  Maksim Blinov/Copyright 2022 Sputnik   -  

Milhares de pessoas juntaram-se na Praça Vermelha de Moscovo para, junto com o presidente russo Vladimir Putin, darem as "boas vindas" aos territórios anexados ilegalmente na sequência de "pseudo referendos" nas regiões da Ucrânia sob controlo do Kremlin.

Vladimir Putin, presidente da Rússia: "O direito de escolher... As pessoas fizeram uma escolha neste referendo, para estarem com a sua nação história, a Rússia. [...] A Rússia não está apenas a abrir as portas, mas também o coração aos seus irmãos e irmãs. Benvindos a casa!"

A Ucrânia respondeu com firmeza, formalizando o pedido de adesão à NATO. Para já, uma entrada na Aliança Atlântica é pouco provável, mas o pedido muda o estatuto do país, depois de meses de guerra em que os aliados evitavam debater um processo de adesão na esperança de avanços nas negociações de paz.

Volodymyr Zelenskyy, presidente da Ucrânia:"Já completámos, de facto, o nosso caminho para a NATO. Já provámos a interoperabilidade com as normas da Aliança, que são reais para a Ucrânia: reais no campo de batalha e em todos os aspectos da nossa interacção. [...] Confiamos uns nos outros, ajudamo-nos uns aos outros e protegemo-nos uns aos outros. E é isso que constitui a Aliança."

Zelenskyy também deixou claro que não pensa sentar-se na mesa das negociações enquanto Putin continuar no cargo como presidente da Rússia.