Tropas russas libertam diretor da Central Nuclear de Zaporíjia

Central de Zaporíjia
Central de Zaporíjia Direitos de autor AP/Associated Press
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Maior central nuclear da Europa fica numa zona agora anexada pela Rússia.

PUBLICIDADE

As tropas russas libertaram Ihor Murashov, o diretor da Central Nuclear de Zaporíjia, na Ucrânia, que fica num dos territórios agora anexados pela Federação Russa, segundo anunciou a Agência Internacional da Energia Atómica. O diretor da AIEA, Rafael Grossi, congratulou-se no Twitter pela libertação do responsável ucraniano e disse que "está, são e salvo, junto da família".

Antes da libertação, Grossi tinha-se mostrado preocupado com a pressão psicológica que a detenção de Murashov iria causar nos empregados da central e no impacto que isso poderia ter na segurança. A AIEA tem vindo a avisar para o risco que representam os combates junto a esta que é a maior central nuclear da Europa. A visita dos peritos da agência, no mês passado, não acalmou essas preocupações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia ataca zonas residenciais em Zaporíjia com dez mísseis

Biden avisa que Putin não faz 'bluff' e há risco de "apocalipse"

"Decisão sobre Ucrânia está nas mãos dos membros", diz Stoltenberg