EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Crise energética faz Chéquia tremer. "Quanto mais frio estiver, pior será para todos"

Crise energética faz Chéquia tremer. "Quanto mais frio estiver, pior será para todos"
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Bryan CarterEuronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com o inverno à porta, os preços a aumentar e a torneira do gás russo fechada, os checos temem a aproximação do inverno. Muitos depositam as esperanças num novo acordo com Moscovo e na extrema-direita.

PUBLICIDADE

Com a guerra na Ucrânia sem fim à vista, a inflação a subir e o inverno à porta, os países da União Europeia (UE) enfrentam, a curto prazo, um dos maiores desafios impostos pela crise energética: como se vão aquecer os europeus nos próximos meses?

Na Chéquia, onde a subida taxa de inflação - uma das mais elevadas da UE - contribuiu já para um aumento de 17% do custo de vida, parte da população está já a recorrer às fontes de energia tradicionais, como a lenha, ou o carvão. 

A contestação cresce nas ruas, onde entre protestos se condena o governo, a UE e a NATO pela falta de uma resposta eficaz e se apela a um acordo com Moscovo para voltarem a ter gás russo.

E cada vez mais checos começam a procurar resposta para o problema na extrema-direita, que vai ganhando terreno entre os eleitores.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Greve dos sindicatos na Chéquia

Preços altos levam italianos a cortar no azeite

Alemanha volta a abrir centrais a carvão mas não descura a transição energética