EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Kiev diz que foi Putin a bombardear prédio russo sem querer

AP
AP Direitos de autor Leo Correa/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Leo Correa/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Moscovo acusa a Ucrânia do ataque, mas as autoridades ucranianas falam de um erro militar por parte da Rússia

PUBLICIDADE

Moscovo culpa Kiev pelo ataque a um prédio residencial em Belgorod, na Rússia, que aconteceu esta quinta-feira.

A Ucrânia nega ter sido responsável e culpa o Kremlin por ter bombardeado por engano o edifício na cidade russa, que fica muito perto da fronteira e apenas a 70 quilómetros de Kharkiv, na Ucrânia.

Zelenskyy aplaude declarações do Conselho da Europa

Volodymyr Zelenskyy não deixou escapar do discurso diário as declarações da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, que acusou a Rússia de ser um "estado patrocinador do terrorismo".

O presidente ucraniano fala de um importante sinal político e afirma que "o terror" cometido pela Rússia não deveria ficar impune e deveria ser "respondido com força em todos os níveis.". 

Pedido de retirada de civis em Kherson

Nos últimos dias, o exército ucraniano tem feito alguns avanços na região de Kherson.

Perante esta reconquista da Ucrânia, as autoridades russas em Kherson pediram a todos os civis que abandonem a região, sugerindo que os ataques aumentem de intensidade.

O responsável russo em Kherson, Vladimir Saldo, deixou em video um pedido a todos os que ali vivem que partam para regiões vizinhas. "Todos os residentes da região de Kherson que desejem proteger-se dos ataques de mísseis devem mudar-se para outras regiões russas". 

Um aviso para evitar a morte. O que não tem acontecido no resto da Ucrânia. A Rússia tem bombardeado várias cidades. Em Mykolaiv, uma criança de 11 anos morreu depois de resgatado dos escombros de uma prédio atingido por um míssil russo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Conselho da Europa: Rússia é "Estado patrocinador do terrorismo"

Rússia prossegue ataques aéreos por toda a Ucrânia

Rússia coloca no espaço Angosat-II para melhorar rede em Angola