Atleta iraniana Elnaz Rekabi alegadamente em prisão domiciliária

O uso do véu islâmico é obrigatório no Irão
O uso do véu islâmico é obrigatório no Irão Direitos de autor AP/AP
De  Euronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rekabi competiu no Campeonato Asiático de escalada desportiva, na Coreia do Sul, sem usar o véu islâmico

PUBLICIDADE

Elnaz Rekabi, a atleta iraniana de escalada que competiu sem véu islâmico nos campeonatos asiáticos da modalidade na Coreia do Sul, está, ao que tudo indica, em prisão domiciliária.

Na quarta-feira, foi recebida como uma heroína pelos compatriotas ao chegar ao aeroporto de Teerão.

De acordo com a BBC, Rekabi foi pressionada a fazer uma "confissão forçada" após regressar de Seul, onde competiu, e não voltou a casa após aterrar na capital do Irão.

"Ela foi mantida na academia olímpica nacional sob a vigilância de oficiais à paisana até conhecer o ministro", assegurou a fonte, referindo-se ao ministro do Desporto, Hamid Sajjadi.

Ao que tudo indica, Rekabi terá sido ameaçada com a apreensão de cerca de 315 mil euros da propriedade da sua família, a não ser que fizesse a "confissão forçada."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Irão realiza eleições parlamentares na sexta-feira

"Irão não é totalmente transparente" sobre programa nuclear, avisa ONU

Irão lança satélite que faz parte de um programa espacial criticado pelo Ocidente