Xi Jinping com poder reforçado na China e antecessor Hu Jintao "convidado a sair"

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
Hu Jintao escoltado para fora da sala
Hu Jintao escoltado para fora da sala   -   Direitos de autor  AP Photo

Chegou ao fim o 20.º Congresso do Partido Comunista Chinês e Xi Jinping foi o grande vencedor, vendo o seu poder na liderança reforçado para se tornar no homem mais poderoso na história do país desde Mao Tsé-Tung.

Os mais de dois mil delegados no congresso, que se realiza a cada cinco anos, elegeram um novo comité central do partido, um novo comité executivo e um novo comité permanente.

Os nomes ainda não foram revelados mas já se sabe que o ainda primeiro-ministro, Li Keqiang, fica de fora, indício de um reforço no número de aliados de Xi Jinping no aparelho do poder.

Destaque ainda para a fraquíssima presença feminina, com apenas onze mulheres entre os 205 membros do novo Comité Central.

A cerimónia de encerramento ficou marcada pelo episódio em torno de Hu Jintao, antecessor de Xi Jinping e que foi escoltado para fora da sala sem que fosse dada qualquer explicação. O próprio pareceu ter sido apanhado de surpresa.

Este domingo, Xi Jinping será reconduzido como líder do partido após uma reunião com o novo Comité Central.

Em março será reconduzido como chefe de estado para um terceiro mandato, depois do limite de mandatos ter sido abolido no congresso de 2017.