This content is not available in your region

Benfica volta a vencer a Juventus e apura-se para os "oitavos" da Liga dos Campeões

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
Rafa e João Mário estiveram em destaque no triunfo sobre a Juventus
Rafa e João Mário estiveram em destaque no triunfo sobre a Juventus   -   Direitos de autor  AP Photo/Armando França   -  

Jogo de loucos no estádio da Luz, mas com festa portuguesa nesta primeira noite da quinta jornada da liga dos Campeões, em que foram marcados 33 golos e houve mais quatro equipas apuradas para os oitavos de final: Benfica, Paris Saint-Germain, Dortmund e Chelsea.

Com Rafa em grande diante da baliza e o "maestro" João Mário a liderar as "águias", o Benfica levou uma vez mais de vencida a Juventus, mas agora num jogo com sete golos e incerteza até ao apito final.

Os "encarnados" mantém-se no trilho de uma grande época, já levam 20 jogos e ainda não conheceram o sabor da derrtota sob o comando do alemão Roger Schmidt. Desta feita, aguentando o pressing final dos italianos, venceram a "vechia signora", por 4-3, e asseguraram a passagem aos oitavos de final,

No outro jogo do grupo H, o Paris Saint-Germain goleou o Maccabi Haifa por 7-2, com Messi, Mbappé e Neymar a brilhar. Os israelitas, ainda assim, ainda aspiram a passar à Liga Europa, mas para tal têm de fazer mais pontos na receção ao Benfica do que a Juventus diante do PSG em Turim.

Outros grupos

No grupo E, o AC Milan foi a Zagreb golear o Dinamo, por 4-0, com um golo de Rafael Leão.

Os campeões italianos vão agora discutir o apuramento em Milão diretamente com o Salzburgo, que perdeu em casa diante do Chelsea, que confirmou o apuramento.

No grupo F, o Celtic esteve perto da primeira vitória nesta edição da Liga dos Campeões, mas ficou-se pelo segundo empate diante, com um 1-1 em Glasgow diante do Shakthar Donetsk.

Os ucranianos tem agora o apuramento à vista na receção ao Leipzig. A equipa de André Silva levou de vencida o já apurado Real Madrid, soma nove pontos e está apenas a um ponto dos oitavos ou três golos de vantagem.

No grupo G, por fim, o Manchester City, já apurado, não foi além do nulo em Dortmund. O resultado permite também aos alemães a passagem devido à vantagem direta sobre o Sevilha, que venceu em Copenhaga e assegurou a passagem à Liga Europa devido ao confronto direto.