EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Zelenskyy visita Kherson. Kremlin diz que ainda faz parte da Rússia

Presidente ucraniano visitou, esta segunda-feira, Kherson
Presidente ucraniano visitou, esta segunda-feira, Kherson Direitos de autor AP/Ukrainian Presidential Press Office
Direitos de autor AP/Ukrainian Presidential Press Office
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cidade ucraniana esteve sob controlo russo durante vários meses, mas foi agora recuperada por Kiev

PUBLICIDADE

Em Kherson, cidade estratégica do sul da Ucrânia recuperada após vários meses de ocupação russa, canta-se vitória, mas a realidade começou a trazer à tona muita tristeza.

A visita surpresa do presidente ucraniano, esta segunda-feira, à região retomada por Kiev provocou um misto de emoções.

Para Volodymyr Zelenskyy, a libertação da cidade é "o início do fim da guerra", mas o presidente da Ucrânia deixou ressalvas: "não foi tão agradável quando vi o número de casas destruídas, o número de cafés comuns destruídos. Foi isso que a Federação Russa fez no nosso país: mostrou ao mundo inteiro que pode matar. Mas todos nós, as nossas Forças Armadas, a nossa Guarda Nacional, os nossos serviços de inteligência mostrámos que é impossível matar a Ucrânia."

O Kremlin insiste que Kherson ainda faz parte da Rússia, apesar da visita de Zelenskyy e da saída das tropas russas.

Dmitry Peskov, o porta-voz do Kremlin, disse: "não comentamos esta visita. Sabemos que é o território da Federação Russa."

Já o secretário-geral da NATO fez comentários. Em Haia, Jens Stoltenberg lembrou que é importante ter cautela: "os próximos meses serão difíceis. O objetivo de Vladimir Putin é deixar a Ucrânia ao frio e às escuras este inverno. Por isso, devemos manter o curso."

A retirada das tropas russas de Kherson deixou a nu um rasto de destruição em infraestruturas críticas.

O prenúncio de dias difíceis pela frente, apesar de nesta fase a alegria deixar quase todos indiferentes ao frio de rachar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques com drones provocam vários incêndios em Kharkiv

Putin diz que não quer tomar cidade de Kharkiv

Zelenskyy visitou hospital militar em Kharkiv e garantiu que situação está "sob controlo"