Donald Trump anuncia nova candidatura à Casa Branca em 2024

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Donald Trump foi derrotado nas últimas eleições presidenciais pelo rival Joe Biden
Donald Trump foi derrotado nas últimas eleições presidenciais pelo rival Joe Biden   -   Direitos de autor  Andrew Harnik/Copyright 2022 The AP. All rights reserved

"O regresso da América começa agora." Foi com estas palavras, em tom messiânico, que Donald Trumpanunciou a pré-candidatura à Presidência dos EUA, na contagem decrescente para as eleições de 2024.

Num discurso ao país a partir da sua mansão em Mar-a-Lago, na Florida, o ex-presidente disse que não precisava fazê-lo, mas que como ama o país sente que tem o dever de o "salvar."

"Para tornar a América grande e gloriosa outra vez, anuncio a minha candidatura à presidência dos EUA", justificou Trump, perante um grupo de apoiantes.

O ex-presidente dos EUA, republicano, também aproveitou a oportunidade para lançar farpas contra o mandato do rival democrata Joe Biden.

Disse que só teve uma coisa boa: "o mal que fez a toda a gente. Todos conseguem ver isso agora."

Acusou ainda Biden de "destruir a economia", insistindo que durante o seu mandato era a "maior de sempre."

De acordo com Trump, os EUA viveram uma "época dourada" e estiveram "no pináculo do poder", tendo "enorme prestígio" internacional.

Mas a verdade é que nas recentes eleições intercalares saíram derrotados vários candidatos republicanos que partilham as infundadas teorias de Trump sobre fraude nas eleições presidenciais de 2020, em que foi derrotado.

A "maré vermelha" vaticinada acabou por não se materializar, mas nada disso parece ter afetado a decisão do ex-presidente dos EUA avançar com a terceira candidatura consecutiva.

A reação de Joe Biden

Na reação ao anúncio de Donald Trump, o presidente dos EUA, Joe Biden, disse que o antecessor "falhou aos EUA."

Biden manifestou-se brevemente através do Twitter. Encontra-se na ilha de Bali, na Indonésia, a participar na cimeira do G20.

Para voltar a ser candidato, Trump ainda precisa de vencer a disputa interna do Partido Republicano.