Rússia contra "propaganda LGBT"

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AP
Parlamento da Rússia
Parlamento da Rússia   -   Direitos de autor  AP Photo

A Rússia deu mais um passo no endurecimento da lei contra aquilo a que os deputados chamam de "propaganda LGBT".

Esta quarta-feira, os legisladores aprovaram em segunda leitura o projeto de lei que aumenta as restrições às atividades consideradas como um "incentivo" às relações sexuais "não tradicionais". Em causas estão multas de milhares de rublos ou até a expulsão de não residentes do país.

Leonid Slutsky, presidente da Comissão de Assuntos Internacionais da Duma, defendeu que o deputados "não proibiram nem podem proibir os fenómenos LGBT, mas a propaganda desses fenómenos entre os jovens - que são os primeiros visados por essa propaganda - deve ser travada". 

A lei aprovada em 2013, pune a "propaganda LGBT" entre menores, mas mas este projeto de lei proíbe a "negação dos valores familiares" e a "promoção de orientações sexuais não tradicionais" também entre adultos. Em causa está a publicidade, os meios de comunicação, conteúdos na internet, livros, filmes e produções teatrais.