EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Escassez de munições limita potencial da Rússia

Guerra na Ucrânia
Guerra na Ucrânia Direitos de autor Libkos/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Libkos/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
De  SASHA VAKULINA
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Moscovo continua a apostar em operações defensivas e fortificações

PUBLICIDADE

As forças russas continuam a apostar em ações defensivas, na construção de fortificações e a deslocar homens na margem oriental do rio Dnipro, na região de Kherson. As informações são avançadas pelo Instituto para o Estudo da Guerra.

O Ministério da Defesa britânico acrescenta que a escassez de munições é um dos principais fatores que limitam o potencial da Rússia para reiniciar ofensivas terrestres eficazes e em larga escala.

A retirada da Rússia da margem ocidental do rio Dnipro, no mês passado, proporcionou às Forças Armadas ucranianas oportunidades de atacar a logística e as linhas de comunicação russas.

Esta ameaça, provavelmente, fez com que Moscovo relocalizasse os nós de abastecimento, incluindo os pontos de transferência ferroviária, mais a sul e a leste.

Na região oriental Kherson - Zaporizhzhia, os movimentos militares russos sugerem que as forças de Moscovo não podem defender áreas críticas no meio de crescentes ataques ucranianos. O Estado-Maior General ucraniano informou que as forças russas retiraram ou estão actualmente a retirar soldados de três cidades na região de Zaporizhzhia.

A potencial retirada da cidade de Polohy é particularmente importante, uma vez que se situa num cruzamento crítico. Nesse cenário, as forças russas teriam mais dificuldade em defender Tokmak de operações ucranianas.

A retirada de regiões estratégicas sugere que as forças russas não podem defender toda a linha da frente na região de Zaporizhzhia e estão a dar prioridade a locais onde podem concentrar forças. É igualmente provável que as forças russas estejam a reorientar as posições na região de Zaporizhzhia para poderem deslocar soldados para esta região.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Imagens de satélite mostram destruição em Mariupol

Encontro da OSCE dominado pela guerra na Ucrânia

Pelo menos seis feridos em ataque aéreo russo a zona residencial de Kostiantynivka