EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

China suprime obrigatoriedade de quarentena para quem chega ao país

Aeroporto na China
Aeroporto na China Direitos de autor Ng Han Guan/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Ng Han Guan/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

China volta a receber viajantes vindos do estrangeiro sem obrigatoriedade de isolamento mas precisam de um teste negativo com menos de 48 horas.

PUBLICIDADE

A partir de 8 de Janeiro, os passageiros que chegam do estrangeiro à China deixarão de estar obrigados a submeter-se aos cinco dias de quarentena num hotel, seguidos de três dias em "casa", ou no local onde deveriam permanecer.Medida que estava em vigor devido à Covid-19

Ainda assim, os viajantes continuam a precisar de apresentar um teste negativo feito, pelo menos, 48 horas antes da partida e terão de usar máscara de protecção a bordo dos aviões.

Numa altura em que o número de casos aumenta, exponencialmente, no país, Pequim abandona, muitas das restrições. Uma decisão tomada após os protestos públicos contra as restrições, raros no país. Medidas que abrandaram a economia, levaram muitos ao desemprego e levaram à falência sobretudo restaurantes e lojas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

China está a viver o seu pior surto de Covid-19

Rússia e China juntas em novo exercício militar

Comprar peças originais sem ir à falência: bem-vindos à feira de arte acessível de Hong Kong