Morreu Gianluca Vialli aos 58 anos

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
Gianluca Vialli tinha 58 anos
Gianluca Vialli tinha 58 anos   -   Direitos de autor  AP Photo

Morreu a antiga estrela da seleção italiana de futebol Gianluca Vialli.

Vialli, de 58 anos, lutava desde há cinco anos com um cancro no pâncreas. Foi um dos maiores craques da Squadra Azzurra nos anos 80 e 90, evidenciando-se nos mundiais de 1986 e 1990. Em termos de clubes, destacou-se na Sampdoria, onde fez uma dupla de sucesso com Roberto Mancini e ganhou o scudetto em 1991, depois na Juventus e no Chelsea, onde foi treinador-jogador e mais tarde treinador. Passou ainda pelo comando técnico do Watford.

Uma das últimas aparições públicas foi no Europeu de há dois anos, onde foi chefe de delegação da seleção que sagrou campeã, comandada pelo companheiro de longa data Mancini.

Depois de deixar a carreira de treinador, ficou a viver em Londres e evidenciou-se, sobretudo, como comentador televisivo.

Ponta-de-lança, goleador nato, Vialli marcou ao longo da carreira 167 golos ao serviço dos vários clubes que representou e 27 ao serviço das seleções júnior e sénior de Itália. A carreira na seleção acabou por ser encurtada devido a uma alegada zanga com o treinador Arrigo Sacchi, no início dos anos 90, mas continuou a brilhar ao serviço dos vários clubes até ao final dessa década.