Alemanha deixa cair máscaras contra a Covid-19 em viagens de longo curso

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Estação de comboios de Colónia ainda durante o período de uso obrigatório de máscaras contra a Covid-19
Estação de comboios de Colónia ainda durante o período de uso obrigatório de máscaras contra a Covid-19   -   Direitos de autor  AP Photo/Martin Meissner

A partir de 2 de fevereiro, o uso de máscaras contra a Covid-19 deixa de ser obrigatório em viagens de comboio e autocarro de longo curso na Alemanha.

O anunciou foi feito, esta sexta-feira, pelo ministro da Saúde, Karl Lauterbach, que assumiu que a "situação pandémica está estabilizada."

Com este passo cumpre-se mais uma etapa para acabar com todas as formas de contenção contra a Covid-19.

Mas a medida não se aplica, no entanto, a clínicas e unidades de saúde. Já a entrada em hospitais e lares de idosos requer também um teste negativo à Covid-19.

Apesar da decisão, governo continua a recomendar que as pessoas vulneráveis usem a máscara para se protegerem, de forma voluntária.

De acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Alemanha registou um total de 37,5 milhões de casos de Covid-19 e pouco mais de 160 mil mortes pela doença.