EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Chéquia escolhe presidente

Candidatos à presidência da Chéquia
Candidatos à presidência da Chéquia Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois de ter sido absolvido num caso de fraude, Andrej Babis é um dos favoritos na corrida presidencial na Chéquia

PUBLICIDADE

Os checos elegem esta sexta-feira e sábado o novo presidente...

O populista Andrej Babis é um dos favoritos para suceder a Milos Zeman no cargo de chefe de Estado.

Babis, antigo primeiro-ministro da Chéquia, pôde concorrer ao mais alto cargo do país depois de um tribunal de Praga o ter absolvido, esta semana, num caso de fraude.

O milionário de 68 anos, esteve acusado de fraude num caso de dois milhões de dólares envolvendo subsídios da União Europeia. A acusação pode, ainda, recorrer. Babis declarou-se, sempre, inocente e disse repetidamente que as acusações contra ele tinham motivações políticas.

Apesar do favoritismo, segundo as sondagens, é pouco provável que Andrej Babis consiga a maioria absoluta.

O antigo general do exército Petr Pavel, 61 anos, antigo presidente do comité militar da NATO, e a economista Danuse Nerudova reúnem, também, as preferências dos eleitores checos.

As sondagens indicam, ainda, que tanto Pavel como Nerudova derrotariam Babis numa segunda volta.

Se eleita, Danuse Nerudova seria a primeira mulher presidente do país, e também a chefe de Estado mais jovem da história checa (44 anos de idade).

O novo chefe de Estado vai substituir o eurocético Milos Zeman. Ele, que foi o primeiro presidente a ser eleito por voto popular. O papel é largamente cerimonial, mas ganhou maior importância política com Zeman.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Andrej Babiš absolvido em caso de fraude com fundos da União Europeia

Andrej Babis lidera sondagens na Chéquia

Antigo primeiro-ministro checo Andrej Babis volta a ser absolvido de fraude