Djokovic, o mais aguardado no Open da Austrália

Access to the comments Comentários
De  Euronews
No ano passado, Novak Djokovic foi deportado da Austrália
No ano passado, Novak Djokovic foi deportado da Austrália   -   Direitos de autor  Aaron Favila/Copyright 2023 The AP. All rights reserved

A Rod Laver Arena, em Melbourne, encheu-se de adeptos de ténis para o arranque do Open da Austrália.

O primeiro Grand Slam da Temporada começou bem para Rafael Nadal. O espanhol venceu o britânico Jack Draper 7-5, 2-6, 6-4 e 6-1.

Mas o sérvio Novak Djokovic é outra estrela aguardada. Está de regresso à Austrália depois de ser deportado do país no ano passado por não estar vacinado contra a Covid-19.

O visto australiano que tinha foi suspenso por três anos, mas em novembro, a proibição de entrada foi anulada.

"É o meu tenista favorito. Fico contente por ele estar a jogar este ano. É justo depois de tudo o que se passou no ano passado", sublinhou Aimee Snaidero, uma adepta que torce pela vitória de Djokovic.

Chris Pulidano, outro fã do tenista sérvio, acrescentou: "definitivamente ele é preciso. Acho que a Covid-19 já é coisa do passado. É um pouco lamentável o que aconteceu com ele no ano passado e é bom tê-lo de volta."

As americanas Jessica Pegula, Coco Gauff e Danielle Collins, vice-campeã de 2022 em Melbourne Park, passaram à segunda ronda na competição feminina.