Rússia abateu dois drones ucranianos e um terceiro aparelho caiu em Moscovo

Arquivo
Arquivo Direitos de autor Libkos/AP Photo
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ministério da Defesa russo alega ter neutralizado dois aparelhos voadores não tripulados em Krasnodar e na República da Adiguésia. Em Moscovo terá caído um terceiro

PUBLICIDADE

O ministério russo da Defesa acusou a Ucrânia de tentar atingir infraestruturas civis nas regiões de Krasnodar e da República da Adiguésia, no sul do país, com recurso a drones.

De acordo com as autoridades russas os aparelhos foram neutralizados e não causaram danos.

Outro drone terá sido abatido em Kolomna, a cerca de 110 quilómetros de Moscovo, sem colocar em causa a segurança dos moradores, referiu o governador regional Andrey Vorobyov.

"O alvo era uma instalação de infraestrutura civil. Não houve feridos nem há danos no solo. Os serviços secretos estão a investigar o incidente", sublinhou Vorobyov, através da rede social Telegram.

As regiões russas que fazem fronteira com a Ucrânia, como Belgorod, Bryansk, Kursk e Krasnodar, são alvo frequente de ataques militares ucranianos, muitas vezes realizados com drones.

Num episódio separado, o aeroporto de São Petersburgo foi encerrado na manhã desta terça-feira e os voos temporariamente suspensos. Tudo porque foi avistado um objeto não identificado a sobrevoar a área.

De acordo com a imprensa russa, o drone vinha do Golfo da Finlândia e as autoridades recorreram a vários caças para intercetar o aparelho.

O Kremlin garantiu que o presidente Vladimir Putin está a par da situação na cidade natal.

Outras fontes • Tass, AFP

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA divulgam vídeo de incidente com drone no Mar Negro

Ucrânia: Reconstruir a esperança apesar da guerra

Rússia tenta cercar Bakhmut