EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Parlamento da Geórgia rejeita projeto-lei dos "agentes estrangeiros"

Parlamento da Geórgia chumbou projeto-lei que motivou protestos
Parlamento da Geórgia chumbou projeto-lei que motivou protestos Direitos de autor Photo
Direitos de autor Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os deputados da Geórgia rejeitaram, esta sexta-feira, o polémico projeto-lei dos "agentes estrangeiros", inspirado na legislação russa. Já na quinta-feira, após manifestações em massa, o Governo tinha recuado.

PUBLICIDADE

Os deputados da Geórgia rejeitaram, esta sexta-feira, o polémico projeto-lei dos "agentes estrangeiros", inspirado na legislação russa.

Já na quinta-feira, após manifestações em massa, o Governo tinha recuado.

Nas ruas da capital georgiana, manifestantes, sobretudo jovens, saudaram o chumbo do projeto. Para eles, a lei teria alienado a Geórgia do Ocidente, nomeadamente da União Europeia.

"Estou muito contente por esta lei não ter sido aprovada, porque isso prejudicaria o nosso caminho em direção à Europa. Também prejudicaria o desenvolvimento dos jovens e a expressão dos nossos pontos de vista. Estou feliz por o país estar no caminho certo e os georgianos continuarem a lutar por um futuro melhor", disse a estudante Ani Tskipurishvili. 

A lei, inspirada por uma existente na Rússia, pretendia considerar “agentes estrangeiros” os meios de comunicação e ONGs que recebessem mais de 20% dos seus financiamentos do estrangeiro.

O porta-voz do Kremlin acusou uma suposta "mão invisível" de introduzir ideias antirussas na Geórgia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Geórgia numa encruzilhada à medida que lei da influência estrangeira aprofunda divisões

Presidente da Geórgia garante em entrevista à Euronews que vai vetar lei dos "agentes estrangeiros"

Porta-voz da NATO afirma que "lei russa" aprovada pela Geórgia "é um erro"