Caças da NATO intercetam avião russo junto à Estónia

Avião de reabastecimento voava junto à fronteira da Estónia
Avião de reabastecimento voava junto à fronteira da Estónia   -  Direitos de autor  AP/AP
De  Euronews

O incidente acontece ao mesmo tempo que a colisão entre um caça russo e um drone dos EUA perto da Crimeia.

Um incidente de rotina aconteceu num momento muito sensível das relações Rússia-NATO: Caças britânicos e alemães intercetaram um avião de reabastecimento russo perto das fronteiras da Estónia, na terça-feira. O avião não conseguiu comunicar com o controlo de tráfego aéreo e foi escoltado durante alguns minutos.

Explica o coronel Jaak Lehiste, Chefe do Estado-Maior da Força Aérea da Estónia: "Uma certa mudança na natureza do tráfego tem vindo a acontecer junto à nossa fronteira. Primeiro, a atividade dos aviões de combate nas imediações das nossas fronteiras diminuiu, uma vez que a maioria deles está provavelmente ativa na guerra na Ucrânia. No entanto, o número de voos de vários aviões de transporte entre o resto da Rússia e o enclave de Kaliningrado aumentou".

Este episódio coincide com a colisão entre um avião de combate russo e um drone norte-americano no Mar Negro, perto da península ocupada da Crimeia. O drone perdeu o controlo e acabou por embater no mar. Rússia e Estados Unidos culpam-se mutuamente pelo que aconteceu.

Notícias relacionadas

Hot Topic

Saiba mais sobre

Guerra na Ucrânia