Grécia: detido inspetor ferroviário ligado a acidente que matou 57 pessoas

57 pessoas morreram na sequência da colisão de dois comboios
57 pessoas morreram na sequência da colisão de dois comboios   -  Direitos de autor  AP Photo
De  Euronews  com AFP

Tragédia gerou uma vaga de contestação popular no país

Na Grécia, foi detido, esta sexta-feira, um inspetor ferroviário na sequência da colisão do mês passado entre dois comboios - um de passageiros e o outro de carga - perto da cidade de Larissa, que provocou a morte de 57 pessoas.

Dimitris Nikolau estava a trabalhar no momento do acidente. O funcionário, que supervisionava o gerente da estação, foi indiciado pelo crime de "perturbação da segurança no trânsito.”

O chefe da estação que estava de serviço e que foi acusado de ter cometido o erro fatal que provocou a tragédia também está preso e arrisca a pena de prisão perpétua.

No início desta semana, dois outros funcionários ferroviários foram libertados sob fiança.

Notícias relacionadas