Espiral de violência chega ao Líbano

Espiral de violência chega ao Líbano
Espiral de violência chega ao Líbano Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Israel desferiu uma série de ataques a posições na Faixa de Gaza e no sul do Líbano

PUBLICIDADE

Olho por olho, dente por dente. A violência cresce em espiral entre Israel e os territórios palestinianos e chegou esta noite ao Líbano. Israel lançou uma série de ataques contra o que disse serem fábricas de armamento do Hamas não só na Faixa de Gaza, mas também no sul do Líbano, onde a organização terrorista tem uma forte influência junto dos campos de refugiados palestinianos.

O ataque israelita surgiu em resposta a uma chuva de rockets, na sua maioria intercetados pela cortina de ferro israelita, disparados a partir de território libanês. As Forças Armadas israelitas culpam o Hamas pelo ataque e sugerem que este teve luz verde do Hezbolla.

Benjamin Netanyahu prometeu que os inimigos de Israel pagariam um preço elevado e garantiu que apesar das profundas divisões internas que se vivem atualmente na cena política israelita, todos estavam unidos nesta questão.

A espiral de violência foi espoletada pelos confrontos na mesquita de al-Aqsa, numa altura que Jerusalém tenta conciliar da melhor forma as celebrações do Ramadão e da Páscoa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel enviará delegação ao Qatar para conversações de paz. População exige libertação de reféns

Manifestações em Israel exigem eleições antecipadas e libertação dos reféns

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão