Biden elogia compromisso entre a União Europeia e o Reino Unido

Joe Biden
Joe Biden Direitos de autor Patrick Semansky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Patrick Semansky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na primeira visita presidencial à Irlanda do Norte, salientou que o investimento americano pode ajudar a alimentar o crescimento económico da região

PUBLICIDADE

Joe Biden levou palavras de encorajamento e ofertas de investimento na sua visita à Irlanda do Norte para assinalar o 25.º aniversário do acordo de paz da Sexta-Feira Santa.

Após uma reunião informal com Rishi Sunak, o presidente dos Estados Unidos expressou o seu apoio ao acordo de compromisso do primeiro-ministro britânico com a União Europeia sobre as relações comerciais com a Irlanda do Norte.

"A vossa história é a nossa história, e ainda mais importante, o vosso futuro é o futuro da América", disse Biden. "Hoje, Belfast é o coração pulsante da Irlanda do Norte e está prestes a impulsionar investimentos de oportunidades económicas sem precedentes de comunidades de todo o Reino Unido, da Irlanda e dos Estados Unidos", sublinhou o presidente, acrescentando que “a paz e a oportunidade económica andam lado a lado".

Em Belfast, Joe Biden expressou a esperança de que a Irlanda do Norte "não volte" a uma era de violência. “O acordo é algo que une Washington, que une a América", disse Biden num discurso na Universidade Ulster.

Na sua primeira visita presidencial à Irlanda do Norte, salientou que o investimento americano pode ajudar a alimentar o crescimento económico - especialmente se os políticos fraturados de Belfast resolverem o impasse que colocou o governo em pausa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Muros da desconfiança persistem na Irlanda do Norte 25 anos depois do acordo de paz

Sunak anuncia: voos de deportação do Reino Unido para o Ruanda devem começar dentro de poucos meses

Cozinhou, arrumou e até entregou refeições: príncipe William voltou aos compromissos públicos