Azerbaijão abandona europeu de halterofilismo

Azerbaijão retirou-se do Campeonato Europeu de Halterofilismo
Azerbaijão retirou-se do Campeonato Europeu de Halterofilismo Direitos de autor Pavel Golovkin/Copyright 2021 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na sexta-feira, a bandeira do país foi queimada durante o evento que decorre na Arménia

PUBLICIDADE

O Azerbaijão retirou-se do Campeonato Europeu de Halterofilismo, depois da bandeira do país ser incendiada na Cerimónia de Abertura do evento que decorre na Arménia. 

Membros da organização disseram que o homem que queimou a bandeira era um funcionário da televisão pública. Foi levado para uma esquadra de polícia e libertado sem acusações.

O Ministério da Juventude e do Desporto do Azerbaijão disse que o incidente de sexta-feira à noite em Yerevan mostrou que "quando uma atmosfera de ódio reina na Arménia, a segurança não está assegurada, e a participação normal dos atletas azeris nas competições é impossível devido à pressão psicológica".

Nagorno-Karabakh e territórios adjacentes ficaram sob o controlo de forças étnicas arménias apoiadas por Yerevan em 1994, mas uma guerra de seis semanas em 2020 devolveu grande parte da área ao controlo do Azerbaijão.

Outras fontes • AP

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Impasse no acordo de paz entre a Arménia e o Azerbaijão

Putin em diálogo com Arménia e Azerbaijão

Cessar-fogo entre Arménia e Azerbaijão