EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Seca deixa Espanha e Itália em agonia

Espanha e Itália sofrem com falta de água
Espanha e Itália sofrem com falta de água Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Madrid já pediu a Bruxelas para desbloquear fundos de emergência para o desenvolvimento agrícola

PUBLICIDADE

Por esta altura do ano, os campos de arroz da Andaluzia deviam estar viçosos e verdejantes. Em vez disso, o cenário é desolador. A região atravessa a pior seca em três décadas e as previsões meteorológicas apontam para uma subida da temperatura, com calor que devia fazer-se sentir em julho a chegar em abril.

Há já vários anos que a agricultura local agoniza com falta de água. Eduardo Vera Canuto é um dos 890 mil agricultores afetados no país, sublinha que há já cinco campanhas que sofrem com o problema e que esta será a sexta.

A grave seca levou o governo espanhol a pedir a Bruxelas para desbloquear fundos de emergência para o desenvolvimento agrícola.

Em Itália, a situação não é muito diferente. O maior rio do país, o Pó, apresenta atualmente um caudal típico do verão, o mais baixo em trinta anos para o mês de abril.

O ano passado, a Itália já tinha sofrido a pior seca em setenta anos e de acordo com o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU, este tipo de fenómenos vai tornar-se cada vez mais frequente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Seca ameaça empresas de lavagens de automóveis

Reconhecimento do Estado palestiniano é apenas um "pequeno passo", dizem espanhóis

Só em janeiro, Canárias receberam mais migrantes do que na primeira metade de 2023