Novo protesto contra reforma judicial de Netanyahu

Manifestantes durante protesto contra reforma judicial em Telavive
Manifestantes durante protesto contra reforma judicial em Telavive Direitos de autor Ohad Zwigenberg/Copyright 2023 The AP All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de israelitas manifestaram-se pelo 17º fim-de-semana consecutivo contra reforma promovida pelo governo

PUBLICIDADE

Milhares de israelitas sairam à rua em Telavive, pelo décimo sétimo fim-de-semana consecutivo, para protestar contra a polémica reforma do sistema judicial promovida pelo governo de Benjamin Netanyahu.

Os manifestantes acusam o primeiro-ministro israelita de estar a empurrar o país para um regime ditatorial.

Tony Haymann, manifestante:"Manifestamo-nos cada semana para exigir que o governo mantenha um país democrático. Sem democracia, não temos um sistema de saúde, não temos Justiça e é todo o sonho sionista que falhará. Estou aqui e estarei aqui todas as semanas até que caia o governo."

Para o governo, um dos objetivos é reduzir os poderes do Supremo Tribunal a favor do Parlamento.

Opositores e apoiantes da reforma têm mantido a pressão nas ruas com os olhos postos na sessão de debate parlamentar que arranca na segunda-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Netanyahu já teve alta do hospital onde deu entrada por desidratação

Israel enviará delegação ao Qatar para conversações de paz. População exige libertação de reféns

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão