PSG suspende Messi

Messi está mais perto de deixar o clube no final da temporada
Messi está mais perto de deixar o clube no final da temporada Direitos de autor Aurelien Morissard/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews e AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O divórcio entre o argentino de 35 anos e o clube parisiense parece estar quase concluído

PUBLICIDADE

O Paris Saint-Germain suspendeu Lionel Messi devido a uma viagem não autorizada à Arábia Saudita e abriu um processo disciplinar contra o vencedor da Bola de Ouro, que está assim mais perto de deixar o clube no final da temporada.

O divórcio entre o argentino de 35 anos e o clube parisiense parece estar quase concluído: no final do seu contrato, em junho, o campeão do mundo será afastado por "vários dias", e o seu futuro parece estar claramente escrito longe da capital francesa, segundo uma fonte.

"O ano de opção previsto no seu contrato não será exercido", afirma o L'Equipe.

Messi "não pode treinar, não pode jogar e não é remunerado durante o processo disciplinar", continuou uma fonte com conhecimento do caso. De acordo com vários meios de comunicação, incluindo a RMC e o L'Equipe, a suspensão foi fixada em duas semanas.

Outra fonte próxima do clube disse que a direção "provavelmente" suspenderá Messi por quinze dias "com efeito imediato", observando que "ninguém está acima da instituição".

O jogador não recebeu autorização do PSG para viajar para o Golfo, numa altura em que o clube está apenas cinco pontos à frente do Marselha na classificação.

O jogador vai falhar a deslocação a Troyes no domingo, bem como a recepção ao Ajaccio a 13 de Maio, se a ausência for de facto de duas semanas. Assim, faltarão apenas três jogos para o PSG, que espera salvar a época com a conquista do 11º título de campeão francês.

O processo disciplinar surge num momento crucial para o futuro de Messi no PSG, uma vez que o jogador tem estado pouco ativo nas últimas semanas em campo e está em final de contrato com o clube da capital francesa.

O jogador de 35 anos marcou 15 golos na Ligue 1 esta época, na sua segunda temporada no PSG, que é cada vez mais provável que seja a sua última, uma vez que as negociações para uma extensão do contrato estão paradas há vários meses.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores franceses mantêm protestos apesar de novas medidas do governo

Praias de desembarque do Dia D podem ser consideradas Património Mundial da UNESCO

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris