EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Francesa Agbegnenou conquista sexto título mundial em Doha

A judoca francesa Clarisse Agbegnenou conquistou a sua sexta medalha de campeã mundial
A judoca francesa Clarisse Agbegnenou conquistou a sua sexta medalha de campeã mundial Direitos de autor Hussein Sayed/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Hussein Sayed/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O dia 4 do Mundial de Judo foi marcado pela vitória da judoca francesa Clarisse Agbegnenou que conquistou o seu sexto título mundial; na categoria masculina, a vitória coube a Tato Grigalashvili da Geórgia que manteve o título

PUBLICIDADE

A vibrante capital do Qatar, Doha, é uma mistura cativante de modernidade e cultura histórica. 

Com um património rico e diversificado, o Qatar conseguiu preservar as tradições ao mesmo tempo que abraçou a inovação.

Os movimentados souks oferecem um vislumbre do tradicional. As ruelas labirínticas seduzem os visitantes. O velho e o novo coexistem na perfeição.

Ao mesmo tempo que abraça as raízes históricas, o Qatar também se ergue como uma metrópole moderna.

Para o desporto, o Qatar tornou-se um destino de eleição. Conta com equipamentos de última geração que refletem a paixão própria de um centro global de competição. A Federação local convidou crianças para assistirem aos Campeonatos Mundiais, trazendo novos judocas para o desporto despertando assim a paixão pelo judo ao assistirem ao desempenho dos atletas locais.

A francesa Clarisse Agbegnenou, pentacampeã mundial e olímpica, exibiu durante o dia a sua típica forma fantástica. Bloqueios de braços e grandes lançamentos marcaram o percurso até à final, em busca de mais um ouro.

Andreja Leski, da Eslovénia, também esteve em grande forma durante todo o dia, com algumas pontuações fantásticas ao longo do percurso. Ela garantiu o lugar numa final mundial pela segunda vez. Foi uma repetição de 2021.

Uma multidão entusiasmada assistiu ao momento em que Agbegnenou assumiu o centro do palco na sua oitava final do Campeonato do Mundo - um feito incrível. Ela dominou o combate, abrindo caminho para o seu sexto título mundial. Uma verdadeira lenda do judo.

"Estou muito orgulhosa por estar de volta como mãe e por ter hoje esta sexta medalha mundial" afirmou a campeã francesa Clarisse Agbegnenou após receber a medalha de ouro entregue por Jean Luc Rougé, membro do Comité Executivo da IJF.

O antigo Campeão do Mundo Matthias Casse veio a Doha para recuperar o título. E ele estava pronto para a final depois de ter passado pelas etapas preliminares.

Mas do outro lado do sorteio, estava o atual campeão mundial e rival Tato Grigalashvili, da Geórgia, e ele não iria desistir do título facilmente. 

Hussein Sayed/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Da esq. para a dir., Matthias Casse, medalha de prata, Tato Grigalashvili, medalha de ouro, Takanori Nagase e Lee Joon-hwan, da Coreia do SulHussein Sayed/Copyright 2023 The AP. All rights reserved

Esta foi a terceira final consecutiva do Campeonato do Mundo. As tensões estavam altas para uma das lutas mais esperadas da competição. Grigalashvili não desistiu e marcou um waza-ari mantendo o seu título.

A medalha foi entregue pelo vice-presidente da IJF, Dr. Laszlo Toth.

"As memórias de Doha são fantásticas, porque em 2021 ganhei aqui o World Masters e tornou-se uma cidade especial para mim. Agora, defendi aqui o meu título mundial. É uma atmosfera fantástica neste país e espero voltar cá para conquistar mais medalhas no futuro. Muito obrigado ao Qatar e a Doha", disse o campeão da Geórgia, Tato Grigalashvili

As memórias de Doha são fantásticas, porque em 2021 ganhei aqui o World Masters e tornou-se uma cidade especial para mim
Tato Grigalashvili
Judoca da Geórgia

No dia 5, mais dois campeões mundiais serão coroados em Doha, onde a paisagem urbana está repleta de arquitectura icónica, exemplificando o compromisso do Qatar com a inovação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Stump conquista o primeiro t´ítulo mundial para a Suíça em Judo

Ouro para os irmãos Abe nos Mundiais do Qatar

Judoka japonesa Natsumi Tsunoda sagra-se tripla campeã mundial em Doha