EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Aniversário do massacre na Praça Tiananmen: Vários ativistas detidos em Hong Kong

Ativistas detidos pela polícia de Hong Kong
Ativistas detidos pela polícia de Hong Kong Direitos de autor Louise Delmotte/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Louise Delmotte/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia de Hong Kong impediu qualquer forma pública de assinalar o massacre de 4 de Junho de 1989 na Praça Tiananmen, Pequim, e deteve pelo menos 10 ativistas.

PUBLICIDADE

No dia do 34º aniversário da sangrenta repressão na Praça Tiananmen, em Pequim, a polícia de Hong Kong prendeu várias personalidades do movimento pró-democracia.

A polícia de Hong Kong esteve em força no Victoria Park e arredores para interrogar e deter qualquer pessoa suspeita de participar em qualquer forma de comemoração pública dos acontecimentos de 4 de Junho de 1989.

A líder do partido da oposição de Hong Kong, a Liga dos Sociais Democratas, Chan Po-ying, segurava uma pequena vela LED e duas flores, quando foi detida pela polícia e colocada numa carrinha.

Uma ativista pró-democracia conhecida por "Mamie Wong", também foi detida, enquanto agitava um ramo de flores. O jornalista e antigo presidente da Associação de Jornalistas de Hong Kong, Mak Yin-ting, também foi detido.

Uma outra mulher foi igualmente detida depois de ter gritado "Levantem velas! Chorem o 4 do 6", em referência a 4 de Junho de 1989, data da repressão na Praça Tiananmen.

No total, foram detidas pelo menos dez pessoas, de acordo com os jornalistas da AFP presentes no local.

No resto do mundo, as comemorações do 4 de Junho tiveram lugar no Japão, em Sidney, em Nova Iorque e em Londres, onde, emTraflagar Square, se realizou uma reconstituição dos acontecimentos de Tiananmen.

Em Taiwan, uma peça de teatro de Candace Chong, autora de Hong Kong, intitulada "The 35th of May", será levada à cena este domingo num teatro da capital.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Massacre de Tiananmen foi há 33 anos

Estátua do Massacre de Tiananmen desmontada durante a noite

Polícia encerra museu sobre Tiananmen