EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Destruição da barragem obriga defesas russas a recuar em Kherson

Sasha Vakulina apresenta os últimos dados militares após a destruição da barragem
Sasha Vakulina apresenta os últimos dados militares após a destruição da barragem Direitos de autor Julio Cortez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Julio Cortez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Oleksandra Vakulina
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A jornalista Sasha Vakulina apresenta os dados militares recorrentes da destruição da barragem de Karkhovka, no leste da Ucrânia

PUBLICIDADE

A destruição da barragem de Karkhovka está a alterar a geografia e a topografia da região de Kherson, obrigando a recuar as defesas russas que ali aguardavam a contraofensiva ucraniana, revelou o Instituto para o Estudo da Guerra, com base em imagens de infravermelhos recolhidas na manhã de 7 de junho.

O governador da região de Kherson estima que 600 quilómetros quadrados estão já submersos devido à água libertada pela fissura aberta na barragem e o comando operacional sul ucraniano alega que as defesas russas recuaram até 15 quilómetros devido à inundação na zona.

A jornalista Sasha Vakulina resume no vídeo em cima os dados revelados pelo IEG sobre as consequências militares da destruição da barragem de Karkhovka.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra na Ucrânia: dez mil pessoas obrigadas a abandonar Kharkiv

Ucrânia retira tropas na região de Kharkiv. Zelenskyy cancelou visita a Portugal e Espanha

Ataque a Belgorod, na Rússia, faz pelo menos 15 mortos. Zelenskyy admite situação difícil em Kharkiv