EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Jeffrey Epstein: JPMorgan Chase livra-se de acusação de facilitar tráfico sexual

Banco JP Morgan
Banco JP Morgan Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O JPMorgan Chase chegou a um acordo de princípio para resolver uma ação coletiva movida por vítimas do esquema de tráfico sexual de Jeffrey Epstein.

PUBLICIDADE

O JPMorgan Chase chegou a um acordo de princípio para resolver uma ação coletiva movida por vítimas do esquema de tráfico sexual liderado por Jeffrey Epstein

O grupo anunciou um acordo, provisório, de 290 milhões de dólares, com as pessoas que acusaram o banco de ser o canal financiador que permitiu ao magnata continuar a operar. 

Num comunicado conjunto lia-se que o documento serve o interesse de todas as partes, especialmente as vítimas dos "terríveis abusos de Epstein".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Caso de pedofilia contra príncipe André pode ser travado por tribunal dos EUA

Polícia francesa procura mais vítimas de Epstein

Justiça norte-americana desclassifica documentos ligados a Jeffrey Epstein