EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Manuscrito histórico da época da Revolução Francesa é leiloado

Carta escrita por Charlotte Corday, França
Carta escrita por Charlotte Corday, França Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Documento revela os motivos para uma jovem ter assassinado um deputado francês em nome da República.

PUBLICIDADE

Um pedaço da história de França foi vendido em leilão, este domingo, por 215 mil euros. Em causa está um manuscrito de Charlotte Corday, uma jovem de 24 anos, originária da Normandia, condenada à guilhotina pelo assassinato do deputado Jean-Paul Marat, a 13 de Julho de 1793.

No documento de três páginas foi escrito momentos antes do crime, Corday explica os motivos que a levaram a cometer homicídio.

A jovem afirma ter atuado em nome da paz e República, por considerar que os ideais revolucionários estavam a ser subvertidos pela brutalidade dos detentores do poder. 

Charlotte Corday escondeu o manuscrito dentro da blusa, no momento da sua detenção. Mas apesar de apresentar os seus argumentos, o documento foi retirado do processo de acusação por não ter agradado ao tribunal revolucionário. 

O objeto histórico já valorizou várias coleções e é agora propriedade da região da Normandia, a cidade de Caen e o departamento de Calvados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Objectos de Freddy Mercury vão a leilão

Carta de Al Capone vai a leilão

Manuscrito com teoria da relatividade de Albert Einstein rende 11,6 milhões em leilão