EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ataque a escola no Uganda faz mais de 40 mortos

Local atacado fica junto à fronteira com a RDC
Local atacado fica junto à fronteira com a RDC Direitos de autor Arne Gillis/AP
Direitos de autor Arne Gillis/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ação terá sido levada a cabo por grupo terrorista considerado próximo do Daesh.

PUBLICIDADE

Pelo menos 41 pessoas, incluindo 38 estudantes, morreram na sequência de um ataque à escola secundária de Lhubiriha, na cidade de fronteiriça de Mpondwe, no oeste do Uganda, junto à fronteira com a República Democrática do Congo (RDC).

As autoridades culpam o grupo terrorista "Forças Democráticas Aliadas", com ligação ao Daesh.

A escola, mista e privada, situa-se no distrito ugandês de Kasese, a cerca de dois quilómetros da fronteira com o Congo.

De acordo com a polícia local, os terroristas terão ateado fogo ao dormitório onde estavam vários alunos da escola e saqueado um armazém de alimentos. Oito pessoas estão em estado crítico e várias outras foram raptadas pelos homens armados. 

Ainda segundo as autoridades, a polícia ugandesa terá perseguido os atacantes até ao Parque Nacional de Virunga, na RDC, e está a tentar libertar os reféns.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Criança morre após carro embater numa escola em Wimbledon

Uganda enterra vítimas do massacre em escola

Polícia francesa mata homem que tentava incendiar sinagoga em Rouen