EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tribunal australiano decide contra Moscovo em disputa por terreno para embaixada russa

Supremo Tribunal da Austrália
Supremo Tribunal da Austrália Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Luis GuitaEuronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Por razões de segurança, por o terreno ser demasiado próximo do Parlamento nacional, o mais alto tribunal australiano decidiu bloquear a construção de uma nova embaixada russa em Camberra.

PUBLICIDADE

O Supremo Tribunal da Austrália rejeitou uma ação judicial apresentada por Moscovo para impedir que a embaixada da Rússia fosse despejada de um terreno onde tencionava construir novas instalações.

O Governo australiano afirmou que o local era demasiado próximo do Parlamento nacional em Camberra, e recentemente aprovou uma lei que impede a Rússia de estar no terreno por razões de segurança.

"Não se pretende dar ou permitir a existência de qualquer outra embaixada. Vamos considerar qual a finalidade do terreno, mas esperamos que a lei seja cumprida. A Austrália apoia a lei, a Rússia não tem sido muito boa a cumprir a lei nos últimos tempos," declarou o primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese.

Após a decisão, um homem que ocupou o terreno de forma ilegal abandonou o espaço e entrou num carro com matrícula diplomática.

A Rússia afirma que o homem era um segurança, embora alguns funcionários australianos duvidem disso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Primeiro-ministro indiano visita a Austrália para reforçar laços

EUA, Reino Unido e Austrália aliam-se para nova geração de submarinos

União Europeia, G7 e Austrália limitam preço do petróleo russo