EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Edi Rama insta Kosovo a aceitar plano franco-alemão

Edi Rama
Edi Rama Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews Albania
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro-ministro albanês diz que países dos Balcãs devem concentrar-se agora no Processo de Berlim

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro da Albânia apelou ao Kosovo para aceitar o plano proposto pela França e pela Alemanha para resolver as divergências com a Sérvia. 

Durante uma entrevista à Euronews Albania, Edi Rama sublinhou que as instituições do Kosovo não devem perder a oportunidade que têm em mãos.

Edi Rama, primeiro-ministro da Albânia:"O Kosovo tem em cima da mesa o plano franco-alemão, que envolve em primeiro lugar o Kosovo, e nós, como albaneses, somos os primeiros interessados em impulsionar o plano até à sua concretização, insistindo no diálogo, utilizando este grande potencial com a comunidade euro-atlântica para convencer a Sérvia a aceitar o plano franco-alemão, o que, em última análise, significa abrir o caminho para um Kosovo reconhecido por todos."

Questionado sobre o que a Albânia faria se Bruxelas impusesse sanções contra o Kosovo pela inação face às tensões atuais, Rama disse que tentaria chamar o primeiro-ministro Albin Kurti à razão.

Edi Rama, primeiro-ministro da Albânia:"Continuaremos a fazer o que estamos a fazer, continuaremos a pedir-lhe fraternalmente, olhando nos olhos de Albin Kurti, que compreenda que está errado. Que compreenda que é tempo de abraçar a comunidade euro-atlântica. Que compreenda que é altura de reivindicar a vitória que tem em cima da mesa e que não vê que tem ao seu alcance."

Rama defende que a Iniciativa Balcãs Abertos, lançada para promover a cooperação regional mas à qual o Kosovo não aderiu, cumpriu o seu objetivo e afirmou que os países dos Balcãs devem concentrar-se agora no Processo de Berlim.

O primeiro-ministro albanês disse que irá iniciar uma série de reuniões regionais para preparar a Cimeira de Berlim, que terá lugar em outubro em Tirana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder da República Sérvia volta a ameaçar saída da Bósnia-Herzegovina

China e Sérvia anunciam acordo global de comércio livre

Kosovo: população foi a votos para destituir quatro presidentes de câmara de etnia albanesa