EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ocidente preocupado com golpe militar no Níger

Manifestantes que apoiam os golpistas têm exibido bandeiras russas nas ruas
Manifestantes que apoiam os golpistas têm exibido bandeiras russas nas ruas Direitos de autor Sam Mednick/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Sam Mednick/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente francês, Bruxelas e a Casa Branca apelaram à libertação do presidente nigerino, que se encontra detido pela guarda presidencial desde quarta-feira.

PUBLICIDADE

Centenas de pessoas manifestaram-se na capital do Níger, depois de ter sido anunciado um golpe militar na quarta-feira à noite. O presidente do país está detido pela guarda presidencial desde então. Os manifestantes pediram a retirada das tropas francesas. 

"Este golpe de Estado é totalmente ilegítimo e profundamente perigoso para os nigerinos, para o Níger e para toda a região. É por isso que apelamos à libertação do Presidente Bazoum e ao restabelecimento da ordem constitucional", declarou o presidente francês, Emmanuel Macron.

A Comunidade Económica dos Estados e da África Ocidental, Bruxelas e a Casa Branca também apelam à libertação imediata do presidente do Níger, Mohamed Bazoum.

"Apoiamos veementemente o presidente democraticamente eleito e condenamos veementemente qualquer esforço para tomar o poder pela força e perturbar a ordem constitucional. Pedimos a libertação imediata do presidente e o respeito pelo estado de direito e pela segurança pública", disse a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Ainda não está claro quem está a comandar o golpe. Há bandeiras russas nas ruas e gritos a favor do grupo Wagner. O presidente Mohamed Bazoum, que foi eleito democraticamente há dois anos, recusa-se a renunciar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

União Europeia condena golpe militar no Níger e suspende cooperação com país

Forças russas destacadas para base aérea ocupada por norte-americanos no Níger

Macron diz que França vai retirar tropas e embaixador franceses do Níger