EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Dois mísseis russos atingem cidade no leste da Ucrânia fazendo pelo menos sete mortos

Socorristas transportam uma pessoa ferida na sequência dos ataques a Pokrovsk para dentro de uma ambulância, Donetsk, Ucrânia
Socorristas transportam uma pessoa ferida na sequência dos ataques a Pokrovsk para dentro de uma ambulância, Donetsk, Ucrânia Direitos de autor ANATOLII STEPANOV/AFP or licensors
Direitos de autor ANATOLII STEPANOV/AFP or licensors
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ataques russos, separados por 40 minutos, mataram vários civis e deixaram dezenas de feridos, perto da linha da frente na região de Donetsk.

PUBLICIDADE

Um duplo ataque de mísseis russos à cidade de Pokrovsk, na região de Donetsk, na Ucrânia, fez pelo menos sete mortose 67  feridos, na noite de segunda-feira,  informou o governador regional Pavlo Kyrylenko, baixando o número de vítimas mortais anteriormente comunicado.

Um intervalo de 40 minutos distanciou os dois bombardeamentos. De acordo com o ministro ucraniano do interior, Igor Klymenko, entre as vítimas sobreviventes estão duas crianças, 29 polícias e socorristas que acorreram ao local para ajudar as vítimas do primeiro ataque.

Klymenko acrescentou ainda que as operações de salvamento, que tinham sido interrompidas durante a noite devido ao risco de novos bombardeamentos, tinham sido retomadas na madrugada de terça-feira.

O ataque danificou edifícios de vários andares, habitações, um hotel onde os jornalistas estrangeiros costumavam ficar, restaurantes, lojas e edifícios administrativos, disse ainda o governador local.

Pokrovsk situa-se a cerca de 70 quilómetros a noroeste da cidade de Donetsk, controlada pela Rússia, e a uns 50 quilómetros da linha da frente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Detida suspeita de preparar ataque para matar Zelenskyy

Primeira Playboy ucraniana desde a invasão apresenta sobrevivente de tentativa de homicídio

Intensos ataques russos à Ucrânia fazem vítimas