EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Grécia ameaçada por mais de 200 incêndios em 48 horas

Deflagraram 355 incêndios na Grécia desde sexta-feira
Deflagraram 355 incêndios na Grécia desde sexta-feira Direitos de autor Thanassis Stavrakis/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Thanassis Stavrakis/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Frentes de incêndio multipicam-se no Mediterrâneo, onda de calor piora situação

PUBLICIDADE

Mais de duas centenas de incêndios nas últimas 48 horas ameaçam a Grécia e a capital não é exceção. Os bombeiros esforçam-se por evitar que as chamas atinjam as zonas residenciais de Atenas e alguns bairros já tiveram de ser evacuados.

A situação mais preocupante, no entanto, vive-se no nordeste, na região de Alexandropolis, onde o maior incêndio ativo no país não dá descanso há cinco dias. Várias localidades foram evacuadas, algumas por via marítima.

Na vizinha Turquia o cenário é igualmente desolador mas contrariamente ao que acontece na Grécia, onde os incêndios já provocaram pelo menos vinte mortes, ainda não há registo de vítimas mortais.

O fumo intenso, no entanto, obrigou dezenas de pessoas a receber tratamento hospitalar e levou à suspensão do tráfego marítimo no estreito de Dardanelos.

Em Itália, o fogo ameaçou uma aldeia na região de San Remo mas, para já, não há registo de casas destruídas. À semelhança do que acontece no resto da Europa, o forte calor é um problema e 17 cidades italianas estão em alerta vermelho.

Ainda assim, os comportamentos irresponsáveis sucedem-se e em Espanha, na região das Astúrias, registou-se esta quarta-feira um incêndio provocado por uma queimada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Produtores pagam fatura dos incêndios de agosto na Grécia

Incêndios na cidade grega de Alexandrópolis são "os maiores de que há registo na UE"

Ataques com drones provocam vários incêndios em Kharkiv