Antigas terras onde a organização criminosa italiana Camorra queimava resíduos renascem das cinzas

Terras da Terra Felix - Itália
Terras da Terra Felix - Itália Direitos de autor Luca Palamara/Euronews
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Terra Felix (latim para “Terra Fértil”) é uma cooperativa que trabalha na província de Caserta há mais de 10 anos.

PUBLICIDADE

A Camorra tem vindo a deixar um legado tóxico. A organização criminosa administrava lixeiras ilegais e queimava resíduos ao ar livre, mas agora na “Terra dos Fogos”, zona onde máfia queimava detritos , surge agora uma esperança de vida livre e solidária.

Terra Felix (latim para “Terra Fértil”) é uma cooperativa que trabalha na província de Caserta há mais de 10 anos. Há quatro anos, o Estado entregou-lhe algumas propriedades, entre as quais 12 hectares de terras, que foram confiscadas ao clã Casalesi, da Camorra.

Terras anteriormente não cultivadas e abandonadas ganham, lentamente, uma nova vida, graças ao cultivo do cardo, que não só aumenta a fertilidade do solo como também favorece o cultivo de cogumelos e a produção de biomassas. Este processo de produção conta com a participação de pessoas com deficiência.

O projeto é desenvolvido de forma futurista, em estufas 4.0, onde detetores de humidade e temperatura ativam automaticamente a ingestão necessária de água, para a produção de 1 tonelada de cogumelos por mês, a plena capacidade.

Um longo caminho já foi percorrido, de uma terra de incêndios até às estufas automatizadas. O projeto da cooperativa usa as cinzas como fertilizante e renasce.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 200 membros da máfia condenados num trinunal da Calábria

Ex-chefe da "Cosa Nostra" morreu no hospital

Primeira-ministra italiana visita Nápoles após ameaças de morte