EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Maioria das jogadoras da seleção espanhola põe fim a greve

AFP
AFP Direitos de autor JOSE JORDAN/AFP or Licensors
Direitos de autor JOSE JORDAN/AFP or Licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Acordo com Federação e governo permitiu regresso de jogadoras à seleção espanhola de futebol feminino

PUBLICIDADE

A maioria das futebolistas espanholas que integram a seleção decidiram pôr fim à greve e voltar a jogar face à Suécia na Liga das Nações, depois de um acordo com a Federação e o governo de Madrid. 

As jogadoras tinham decretado uma greve de protesto na sequência do escândalo do beijo forçado do ex-presidente da Federação espanhola de FutebolLuis Rubiales à futebolista Jenni Hermoso por ocasião das celebrações da vitória no mundial de futebol feminino. 

Para as jogadoras o afastamento de Rubiales não é suficiente e é necessária uma reformulação total da federação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que está por trás da última polémica de Milei com o governo espanhol?

Espanha recusou autorização para escala a navio que transportava armas para Israel

Vitória socialista nas eleições catalãs põe fim ao domínio pró-independência