EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Suposto cúmplice do assassinato de casal de polícias começou a ser julgado em Paris

Jean-Baptiste Salvaing e Jessica Schneider, o casal de polícias assassinados
Jean-Baptiste Salvaing e Jessica Schneider, o casal de polícias assassinados Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O casal de polícias foi assassinado em casa à frente do filho de 3 anos

PUBLICIDADE

O julgamento do suposto cúmplice do assassinato de um casal polícias, começou esta segunda-feira no Tribunal Especial de Paris.

Foi em 2016 que o casal, Jean-Baptiste Salvaing e Jessica Schneider, foi morto à facada, em casa, na frente do filho, então com três anos.

O assassino, um militante do autoproclamado grupo terrorista Estado Islâmico, foi morto pela polícia francesa durante a operação para libertar a criança.

Mohamed Lamine Aberouz, agora com 30 anos, foi preso em 2017 e é acusado de cumplicidade, associação criminosa, terrorismo e sequestro.

Foi a primeira vez que um polícia foi morto em França fora do horário de serviço e na própria casa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Roma homenageia polícia assassinado

"Não terão o meu ódio", diz companheiro do polícia assassinado

Inteligência Artificial ajuda a identificar cancro de origem desconhecida