Roma homenageia polícia assassinado

Roma homenageia polícia assassinado
Direitos de autor REUTERS/YARA NARDI
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O vice-brigadeiro dos carabinieri Mario Cerciello foi esfaqueado oito vezes e abandonado no chão enquanto se esvaía em sangue.

PUBLICIDADE

Muitos populares, polícias, conhecidos e amigos do vice-brigadeiro dos carabinieri Mario Cerciello Rega, reuniram-se para prestar lhe prestar homenagem, em Roma.

O polícia italiano de 35 anos morreu após ter sido esfaqueado oito vezes e abandonado no chão enquanto se esvaía em sangue.

Dois cidadãos norte-americanos foram detidos. As autoridades italianas identificaram os dois como Gabriel Christian Natale-Hjorth, de 18 anos, e Finnegan Lee Elder, de 19.

Na ordem de detenção, Elder é apresentado como sendo o autor das facadas que mataram o carabinieri, que acabara de voltar ao trabalho alguns dias antes após a lua-de-mel.

A polícia disse que os jovens estavam aparentemente de férias na capital italiana sem a companhia de familiares.

Este domingo, flores foram colocadas no local onde Mario Cerciello Rega faleceu.

O funeral realiza-se segunda-feira, na mesma igreja onde o carabinieri se terá casado há cerca de um mês e meio, em Somma Vasuviana, nas proximidades de Nápoles.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Suposto cúmplice do assassinato de casal de polícias começou a ser julgado em Paris

Funeral do polícia italiano assassinado por adolescentes norte-americanos

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos