EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Presidente da Câmara dos Representantes dos EUA destituído

Kevin McCarthy
Kevin McCarthy Direitos de autor J. Scott Applewhite/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor J. Scott Applewhite/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O líder republicano foi alvo de uma moção de censura movida por um congressista da ala radical do próprio partido.

PUBLICIDADE

O republicano Kevin McCarthy foi destituído da liderança da Câmara dos Representantes, esta terça-feira, após a maioria dos congressistas ter aprovado uma moção de censura para o afastar.

McCarthy viu a decisão ser tomada por 216 votos a favor e 210 contra, num processo liderado por Matt Gaetz, congressista da ala mais radical do próprio partido e fervoroso apoiante de Donald Trump

"Kevin McCarthy é uma criatura do pântano. Chegou ao poder através da angariação de fundos e da redistribuição desse dinheiro em troca de favores. Estamos agora a combater e devíamos eleger um líder de câmara melhor", afirmou Gaetz aos jornalistas.

O conservador acusa McCarthy de ter negociado com os democratas a lei orçamental de emergência que este domingo evitou a paralisação da administração norte-americana e de ter feito um “acordo paralelo secreto” com o presidente Joe Biden sobre o apoio à Ucrânia.

Após a votação. o líder destituído desvalorizou as acusações, acusando por sua vez Gaetz de ter agido por motivação "pessoal", que "não tem nada a ver com gastos".

Antes de McCarthy, apenas dois outros líderes - Joseph Cannon em 1910 e John Boehner em 2015 - tinham sido submetidos a um voto de desconfiança, mas sem êxito.

Ainda sem sucessor definido, a Câmara dos Representantes, será presidida de forma interina pelo também republicano Patrick McHenry.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA congratulam-se com o anúncio sérvio de retirar militares da fronteira do Kosovo

Borrell "lamenta profundamente" que Congresso dos EUA tenha abandonado a ajuda à Ucrânia

EUA: Câmara de Representantes vota nova proposta esta noite para evitar paralisação do Governo